Supermercado Couto

Cães soltos na rua atacam idosa em Lagarto

Por volta de 7h da manhã desta terça-feira (8), uma idosa foi atacada por cães de rua no bairro Cidade Nova em Lagarto, que costumam ficar nas imediações da praça da Igreja Nossa Senhora Aparecida.

De acordo com informações de familiares, a idosa de 60 anos passava pelo local a pé quando foi atacada por cerca de seis cães e foi mordida na perna. A idosa foi levada para o posto de saúde onde será medicada e realizará exames que podem identificar doenças passadas através da mordida. Não é a primeira vez que a idosa é atacada neste local, há cerca de três meses aconteceu a mesma coisa, e os familiares dela pedem que esses animais que representam perigo sejam recolhidos das ruas.

O Lagarto Como eu Vejo entrou em contato com o Centro de Controle de Zoonoses e Endemias de Lagarto, fomos informados que são recolhidos das ruas apenas animais que tenham doenças que podem ser transmitidas para humanos, entretanto, essa situação seria verificada, ou seja, esses animais vão ser examinados e caso possuam alguma doença que possa ser transmitida para os humanos, os animais serão recolhidos das ruas.

Em novembro do ano passado a Prefeitura de Lagarto concluiu a Campanha de Vacinação Antirrábica anual, durante o período foi alcançado um total de 8.676 animais vacinados, entre cães e gatos, em pontos distribuídos na zona urbana e rural. É importante frisar que a vacinação continua durante todo o ano na sede do Zoonoses, localizada na Travessa Gustavo Hora, S/N, Bairro Pratas. O horário de funcionamento é de segunda a quinta, das 7h30 às 16h30 e às sextas-feiras, das 7h30 às 13h.

Algumas dicas para se proteger

O cachorro é o nosso melhor amigo. Mas é fato que alguns que encontramos pelo caminho insistem em demonstrar o contrário, principalmente quando o encontro é com alguém pedalando ou correndo. Latidos e rosnadas muito próximas podem assustar, mas o problema é quando o animal realmente ataca.

Ao avistar um cachorro com aspecto não muito amistoso procure evitar passar muito próximo, atravesse a via para mostrar que você não é uma ameaça. Também não faça movimentos bruscos para não atrair ainda mais a atenção do animal.

Quando o cachorro, além de rosnar, fizer uma aproximação a três metros ou menos o perigo de ataque se torna real. Evite ao máximo ficar de costas, para não parecer uma presa fácil. O animal também consegue te alcançar facilmente se quiser, por isso sair em velocidade pode fazer você cair e até machucar.

Enfrente-o com as armas que você possui. Não estamos dizendo para machucar o animal e sim se proteger. Se estiver de bike é importante descer e colocá-la entre você e o cachorro. Caso esteja a pé use o que for mais fácil para afastá-lo como espirrar a água do squeeze na direção dele. Jogar um graveto ou pedra em outra direção também ajuda a distrair. Também vale gritar e fazer gestos mostrando que você também não está para brincadeira.

Somos a favor da vida, de toda forma de vida. Mas se você sofrer um ataque terá que lutar. Fique de frente para o animal e defenda-se como puder. Na internet é possível encontrar a venda um spray para proteger desse tipo de ataque. Busque pelo repelente para animais hostis. Eles não fazem mal ao animal, diferente dos sprays de pimenta para usar contra humanos. Leia mais sobre como se proteger de ataque de cachorro clicando aqui.

Por José Pedro, LagartoComoEuVejo.com.br
Com informações de ultramacho.com.br/blog

PUBLICIDADE

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui