• Supermercado Couto Lagarto - O melhor supemercado da região bem pertinho de você

Operação do MPSE com apoio da Polícia Civil combate fraudes em licitações, lavagem de dinheiro e corrupção em Sergipe

Estão sendo cumpridos 18 mandados de prisão

viatura policia civil pc

O Ministério Público de Sergipe, através da 6ª Procuradoria de Justiça e com coordenação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), deflagrou a operação ‘Longa Manus’ na manhã desta sexta-feira, 5, para combater os crimes de fraudes em licitações, lavagem de dinheiro e corrupção.

Ação contou com a cooperação da Polícia Civil de Sergipe, da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) do MPSE.

Foram cumpridos 18 mandados de busca e apreensão nos municípios de Aracaju (4 mandados), Gararu (4 mandados), Graccho Cardoso (4 mandados), Nossa Senhora das Dores (3 mandados), Propriá (1 mandado), e São Francisco (1 mandado).

Os fatos que estão sob investigação são crimes de fraude em processos licitatórios, corrupção, lavagem de dinheiro e outros delitos associados. As buscas foram iniciadas nas primeiras horas do dia e foram coletadas evidências materiais cruciais para as investigações em andamento.

A operação contou com o efetivo de mais de 80 profissionais, entre Promotores de Justiça, Delegados, Agentes de Polícia, Peritos e Servidores das instituições envolvidas. A operação conjunta também reuniu unidades da Polícia Civil, como Copci, Depatri, Denarc, delegacias de Poço Verde, Simão Dias, Barra dos Coqueiros e 5ª Delegacia Metropolitana.

O que diz Gararu

A Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura de Gararu vem a público esclarecer à população que as ações policiais da GAAECO decorreram de investigação do Ministério Público (MP) que partiram de outro município, envolvendo uma empresa de construção civil que, por coincidência, também atua neste município, após ter sido escolhida em legítima e legal licitação pública.

A nossa Assessoria Jurídica acompanha de perto esses acontecimentos e está plenamente convencida de que a Prefeitura de Gararu – muito menos ainda a prefeita Zete de Janjão – tem absolutamente nada a ver com os motivos investigativos das autoridades fiscalizadoras e policiais.

A Prefeitura Municipal de Gararu, por conta de seus firmes inabaláveis compromissos com a qualidade, a transparência e a honestidade da administração pública, estará sempre pronta e determinada em contribuir com o processo de apuração e absoluto esclarecimento dos fatos.

*Com informações do MP-SE

PUBLICIDADE
  • Minas Telecom

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui