• Supermercado Couto Lagarto - O melhor supemercado da região bem pertinho de você

Professores da rede pública paralisam aulas nesta quarta-feira em Sergipe

A categoria defende piso salarial nas carreiras, por diretrizes nacionais de carreira, a revogação do novo ensino médio, e se posicionam contra a violência às escolas.

Estudantes da rede pública de Sergipe estão sem aulas nesta quarta-feira (26), quando professores das redes estaduais e municipais participam da Greve Nacional da Educação.

Na rede estadual, cerca de 156 mil alunos estão sem aulas. Em Aracaju, o movimento paredista atinge mais de 32 mil alunos.

A categoria defende piso salarial nas carreiras, por diretrizes nacionais de carreira, a revogação do novo ensino médio, e se posicionam contra a violência às escolas.

Em Aracaju, acontece uma assembleia da rede estadual no Cotinguiba Esporte Clube, às 9h e, às 14h a Marcha em Defesa da Educação, na Praça da Bandeira.

O que dizem as secretarias de educação

Secretaria Municipal da Educação de Aracaju (Semed) informou que os professores efetivos em início de carreira, que atuam 40h, recebem salário bruto de R$ 5.189,04.

A pasta ainda disse que houve uma reunião no início de abril com o Sindicato dos Profissionais do Ensino do Município de Aracaju (Sindipema), e foram detalhados para os representantes “as metodologias utilizadas para analisar a viabilidade e o impacto das reivindicações.

“A Semed considera legítimo o direito à greve e às paralisações dos profissionais e entende que trata-se de um movimento nacional, ao mesmo tempo em que reforça que, na rede pública municipal de ensino de Aracaju, nenhum professor recebe abaixo do piso estipulado para o magistério, tanto efetivos, quanto substitutos”.

Secretaria de Estado da Educação e da Cultura (Seduc) “compreende como legítima e democrática a manifestação popular. Reitera o compromisso com os profissionais da educação e mantém o diálogo com a categoria com respeito e transparência”. Por g1

PUBLICIDADE
  • Minas Telecom

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui