• Supermercado Couto Lagarto - O melhor supemercado da região bem pertinho de você

Propriá completa um ano sem ocorrência de homicídio

propria

O município de Propriá completou um ano sem o registro de homicídios no último dia 24 de abril. O último crime desse tipo penal em Propriá aconteceu no dia 24 de abril de 2022. O resultado positivo é fruto do trabalho integrado entre as polícias Civil e Militar no mapeamento de manchas criminais, investigação e repressão aos crimes na cidade.

Conforme os dados da Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal (CEACrim), em 2020 ocorreram 16 homicídios dolosos. Já em 2021, foram 13. No ano de 2022, houve três homicídios dolosos, dos quais o último aconteceu no dia 24 de abril do ano passado.

O delegado regional, Ruidiney Nunes, atribuiu os bons números ao trabalho sério realizado pelas forças policiais, ressaltando também que os resultados positivos, na segurança pública do município, são frutos da união entre as Polícias Civil e Militar, bem como da atuação séria e firme do Poder Judiciário e do Ministério Público no município.

“Não é um resultado de curto prazo, mas um trabalho que foi realizado ao longo dos últimos anos de forma organizada e gradativa pelas autoridades policiais, com o combate do crime de forma macro e em várias vertentes, como exemplo, o combate incessante ao tráfico de drogas que tem grande influência nesses resultados”, destacou.

O tenente-coronel Franco, comandante do 2º BPM,  sediado em Propriá e territorialmente responsável pelo policiamento ostensivo e preventivo de mais sete municípios na região do baixo São Francisco, ressalta que os excelentes resultados são fruto da integração e do direcionamento do policiamento ostensivo nas áreas mais sensíveis.

“Ressalto ainda o apoio do Ministério Público e do Judiciário às ações legais desenvolvidas por ambas as corporações policiais e ressalto também a importância do apoio do comandante-geral da PMSE, coronel Ribeiro, através do Comando do Policiamento Militar do Interior, o qual está sob o comando do coronel Sidney”, concluiu.

Fonte: SSP/SE

PUBLICIDADE
  • Minas Telecom

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui