• Supermercado Couto Lagarto - O melhor supemercado da região bem pertinho de você

Foragido por tráfico é preso no Pré-Caju após leitura facial de câmeras

Tecnologia foi usada pela primeira vez pela SSP em grandes eventos

A tecnologia com câmeras de leitura facial foi usada pela primeira vez no Pré-Caju. Na noite deste domingo, um homem foragido da Justiça por tráfico de drogas foi preso por uma equipe da Polícia Militar pouco depois que as câmeras fizeram o monitoramento e, pela leitura do rosto do foragido, conseguiram identifica-lo extamente às 20h58 do último dia da prévia carnavalesca. 

Wilson Vasconcelos da Rocha, 29 anos, tinha um mandado de prisão pela Comarca de Pirambu por tráfico de drogas. A tecnologia faz parte do planejamento estratégico adotado pela Secretaria da Segurança Pública (SSP) e Secretaria da Justiça (Sejuc) e foram distribuídas oito câmeras para reconhecimento facial que reforçam o videomonitoramento feito através das 16 câmeras do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) que ficam localizadas ao longo da Orla de Atalaia.

O diretor técnico do Departamento de Tecnologia da Informação da SSP (DTI), Carlos Vinícius, explicou que as câmeras distribuídas pelo circuito receberam tecnologia para o reconhecimento facial.

“As câmeras necessariamente não têm reconhecimento facial mas, com a tecnologia embarcada que nós trouxemos, elas conseguem pegar essa imagem e aplicar o reconhecimento facial em cima dela. Então isso está potencializando o nosso trabalho hoje. tudo é processado e consultado com as nossas bases de dados”, detalhou.

A tecnologia deverá ser usada nos próximos grandes eventos no estado de Sergipe e é ferramenta importante para inibir que criminosos estejam nas festas. “Se a pessoa apresentar um documento falso ou omitir o nome, ou alguma informação com a imagem dela, a gente processa essa imagem e consegue fornecer a informação para a polícia trabalhar em cima disso”, concluiu Carlos Vinicius.

654dfhg4dfh465df
PUBLICIDADE
  • Minas Telecom

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui