Supermercado Couto

Família doa órgãos de homem que morava em Lagarto e teve morte encefálica

Depois de 14 dias lutando pela vida após sofrer um acidente no trabalho, Antônio Marcos de Menezes Santos, morador do povoado Gameleiro em Lagarto, não resistiu e morreu. A família dele, então, teve a iniciativa de doar seus órgãos.

Conforme as informações da família, Antônio Marcos sofreu um acidente na escola onde trabalhava no povoado Gameleiro. Ele foi encaminhado para o Hospital Universitário de Lagarto e de lá foi transferido para o Hospital de Urgência de Sergipe Governador João Alves Filho (HUSE), onde ainda passou por uma cirurgia, mas não resistiu.

Antônio Marcos teve morte encefálica por traumatismo craniano e faleceu no último dia 14, sua família então decidiu nesse momento de dor pela perda de um familiar, salvar a vida de outras pessoas através da doação de órgãos.

Antônio Marcos era conhecido como Marquinho, filho de Joãozinho de Antônio Guedes. Ele deixa esposa e um filho.

“Deus nos deu a oportunidade de salvar vidas. Hoje, ele renascerá dando saúde e vida a outras pessoas. É essencial frisar a importância da doação de órgãos, algo pouco comum. Doe sangue, doe órgãos, doe vida” escreveram familiares em mensagem.

Por LagartoComoEuVejo.com.br

PUBLICIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui