Supermercado Couto

Homem morto em ação da PRF é sepultado sob forte comoção em Umbaúba

Sob clima de forte comoção entre familiares e amigos, o corpo de Genivaldo de Jesus Santos, 38 anos, foi sepultado no início da tarde desta quinta-feira (26), no município de Umbaúba. Ele morreu após uma abordagem da Polícia Rodoviária Federal (PRF) realiza nesta quarta-feira (25).

De acordo com entrevistas de familiares à imprensa, Genivaldo “nunca fez mal a ninguém”, sofria de esquizofrenia e tomava remédio há 20 anos contra à doença. “Ele sempre buscou se cuidar e tomar a medicação em dia. Era uma pessoa exemplar”, relatou a esposa, Maria Fabiana, aos jornalistas.

Genivaldo deixa mulher e um filho de 7 anos.

Causas da morte

O laudo do Instituto Médico Legal (IML) de Sergipe apontou que asfixia mecânica e insuficiência respiratória aguda foram as causas da morte. Ainda segundo a SSP, outros exames foram realizados para detalhar a razão da morte.

Protesto

Moradores e representantes de movimentos realizaram um protesto na BR-101, em Umbaúba (SE), pela morte de Genivaldo. Fogo foi colocado em pneus e as duas vias foram fechadas. Uma fila de veículos se formou no local.

Inquérito aberto

A Polícia Federal informou nesta quinta-feira, 26, que instaurou inquérito policial para investigar as circunstâncias da morte de Genivaldo. De acordo com a PRF, “diligências acerca do caso já foram iniciadas, e a PF trabalha para esclarecer o ocorrido o mais breve possível”.

Por LagartoComoEuVejo.com.br

PUBLICIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui