Supermercado Couto

Dois homens morrem dentro de cisternas em Pedrinhas e Umbaúba

Os casos foram registrados nesta terça-feira

Dois homens morreram nesta terça-feira (10), enquanto trabalhavam na manutenção de cisternas nos municípios de Pedrinhas e Umbaúba, em Sergipe. A informação foi confirmada pelo Corpo de Bombeiros de Sergipe (CBM/SE).

De acordo com a Corpo de Bombeiros, em Pedrinhas, um homem de 35 anos caiu dentro da cisterna no momento em que tentava instalar uma bomba d’água. Já em Umbaúba, no Povoado Guararema, um homem de 25 anos, também morreu enquanto trabalhava na cisterna. Os bombeiros fizeram o resgate dos corpos e o Instituto Médico Legal (IML) fez o recolhimento para Aracaju.

O Corpo de Bombeiros alertou para os perigos em poços artesianos e cisternas. Segundo o órgão, esses locais possuem gases tóxicos que podem levar à asfixia e perda de consciência. “Esses gases são provenientes de matéria orgânica em decomposição, normalmente, resto de animais, vegetais, insetos, que tiveram contato com a água. Um desses gases, o gás sulfídrico, por exemplo, tem um cheiro forte, porém a pessoa sente no início, mas algum tempo depois existe uma acomodação olfativa. Ou seja, a pessoa para de sentir esse cheiro, tendo a falsa impressão de que está tudo bem, mas em pouco tempo, ocorre asfixia e perda de consciência”, explica o CBM.

A corporação orienta que as pessoas não façam a limpeza desses locais sem os equipamentos adequados e que optem por contratar empresas especializadas devido aos riscos envolvidos nesse tipo de trabalho. O acesso a esses locais deve ser controlado e protegido. Se houver acidentes, as pessoas devem acionar o Corpo de Bombeiros, através do número 193, que possui equipes treinadas para o resgate de vítimas nessa situação.

Fonte: Infonet

Resgate realizado pelos bombeiros militares — Foto: CBM/SE
Bombeiros em resgate — Foto: CBM/SE
PUBLICIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui