Supermercado Couto

Governo realiza pagamento de parcela de abril do Cartão Mais Inclusão

Famílias do CMais permanente e grupos emergenciais passam a receber em calendário unificado após prorrogação

O Governo de Sergipe já realizou o pagamento da parcela de abril do Cartão Mais Inclusão – CMais. O benefício já está disponível em conta para utilização das famílias cadastradas no programa. De acordo com a Secretaria de Estado da Inclusão e Assistência Social (Seias), com isso, na última segunda-feira (11) foi unificado o calendário de pagamento entre as famílias do CMais permanente e as dos grupos emergenciais, que tiveram o benefício prorrogado até dezembro pela Lei 8.990/22.

A Lei também autoriza a substituição das vagas abertas pelas famílias desligadas do CMais por terem sido inseridas em outros programas federais ou estaduais, por novos beneficiários. Para tanto, a Seias está contando com o apoio das equipes municipais, segundo a secretária Lucivanda Nunes. “Com o PL sancionado recentemente, estamos agora prestando toda a orientação técnica para que equipes das secretarias municipais de Assistência Social nos auxiliem na validação dos dados no Cadastro Único a partir dos quais nos baseamos para a identificação dos perfis de famílias beneficiárias;  a fim de que possamos realizar, com máxima brevidade possível, a inserção dos novos beneficiários”, afirmou.

Segundo Kátia Ferreira, gerente do CMais na Seias, na próxima semana, será realizada uma reunião para sanar as dúvidas e orientar as equipes municipais sobre os próximos passos do programa. “Como alguns beneficiários que foram inseridos, por exemplo no Auxílio Brasil, foram automaticamente desligados do CMais, conforme as regras legais do programa, nós estamos fazendo esse alinhamento com os municípios, nos reunindo com gestores e técnicos para passar orientações em relação a essas substituições”, explicou.

O CMais é um programa de transferência de renda criado pelo governo de Sergipe em abril de 2020, para combater os efeitos da pandemia na segurança alimentar da população socialmente vulnerável,  destinado ao pagamento mensal de um benefício, que pode ser usado exclusivamente para a aquisição de gêneros alimentícios na rede credenciada Banese. Desde então, já foram investidos mais de R$ 50 milhões no Programa.

Fonte: Governo de Sergipe

PUBLICIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui