Supermercado Couto

Policial penal é preso por facilitar entrada de celulares no Copemcam

O Departamento de Narcóticos (Denarc), com o apoio da Secretaria da Justiça, do Trabalho e da Defesa do Consumidor (Sejuc), deu cumprimento ao mandado de prisão de um policial penal investigado por tentativa de entrega de celulares a internos do Complexo Penitenciário Manoel Carvalho Neto (Copemcan). A ação policial ocorreu nesta quarta-feira, 30.

De acordo com a delegada Brenda Souza, o servidor estava sendo investigado desde outubro do ano passado. “Este ano recebemos mais denúncias. E fomos investigar a fundo. Com o que reunimos, conseguimos pedir a prisão preventiva dele bem como um mandado de busca e apreensão”, detalhou.

Com o mandado de busca e apreensão, conforme mencionou a delegada, foram apreendidos diversos carregadores de celular, diversos celulares e chips”, acrescentou.

Ainda segundo a delegada, a arma do servidor não foi encontrada e ele alega que o armamento teria sido furtado. O servidor já tinha sido detido em flagrante no dia 14 de março, onde foi lavrado um termo circunstanciado de ocorrência.

“Os crimes pelos quais ele está sendo investigado são o de prevaricação imprópria, que seria a entrada celular no presídio, corrupção passiva, porque ele recebia dinheiro por conta desses celulares, e o tráfico de drogas porque ele também vendia entorpecentes”, pontuou Brenda Souza.

Fonte: SSP/SE

PUBLICIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui