Supermercado Couto

Sergipano que defendeu a Ucrânia tranquiliza família e diz que sobreviveu a ataque russo

Jovem mora na França e há mais de um ano tentava entrar para o serviço militar do país.

O sergipano da cidade de Canhoba, Gabriel Santos Matos, de 24 anos, que atuou nas forças de resistência da Ucrânia, já está na Polônia. Ele contou que viveu experiências difíceis nos sete dias em que permaneceu em combate e não faz mais parte do exército ucraniano.

Gabriel disse que presenciou bombardeiros e tentativas de fuga dos moradores das cidades cercadas pelo exército russo. A base onde ele estava foi bombardeada no último domingo, mas ele saiu ileso.

O contato tem sido feito pelas redes sociais, para tranquilidade da família. Ele disse não explicou o motivo pelo qual deixou o país.

Gabriel já serviu o Exército Brasileiro em Sergipe por cerca de quatro anos. Passou por treinamentos, integrou ações humanitárias como a distribuição de água aos municípios afetados pela seca.

Há pouco mais de um ano, mora na França. Agora, em meio ao clima de tensão na Europa, o sergipano continua sua missão e disse que, em breve, mandará mais notícias.

O conflito armado começou com a invasão da Ucrânia por tropas russas, no dia 24 de fevereiro. Várias cidades ucranianas estão sendo bombardeadas e o país tem recebido apoio de voluntários de outros países, que estão enviando ajuda humanitária e armas. Por: G1/SE

PUBLICIDADE

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui