Supermercado Couto

Governo do Estado vai enviar para Alese projeto com medidas que beneficiam as Forças de Segurança de Sergipe

O impacto no orçamento será de R$ 85,5 milhões com salários, mais R$ 30 milhões com a concessão dos interstícios, num total de R$ 115,5 milhões aos cofres do Estado apenas para 2022

O Governo do Estado de Sergipe vai enviar projeto de lei para a Assembleia Legislativa com medidas que beneficiam a carreira das Forças de Segurança. Dentre os benefícios do novo plano, estão o reajuste linear de 5% para todos os cargos (ativos e da reserva), mais 2% na tabela e a diminuição do tempo de promoção para os homens e mulheres que compõem os quadros da Segurança Pública.

Com o reajuste, por exemplo, um cabo da Polícia Militar ou do Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe que hoje recebe R$ 5.695, passará a receber R$ 6.094. Da mesma forma, um coronel que recebe R$ 25 mil, passará a receber R$ 26.750.

Na Polícia Civil, um agente de 1ª classe que recebe R$ 9.500, receberia R$ 10.165. E um delegado de 2ª classe passaria de R$ 19.500 para R$ 20.865 nos seus vencimentos.

Além de aumento salarial para todos os cargos, o projeto do Governo também reduz o tempo para promoção nas forças de segurança (interstícios), pedido antigo das classes, o que vai garantir ascensão mais célere nos quadros.

A promoção de soldado para soldado de 1ª classe, por exemplo, passa de 10 para 6 anos, de cabo para 3º sargento, 5 anos, e de 3º para 2º sargento, 4 anos e 6 meses. Também haverá melhoria no avanço para subtenentes e progressão do tempo de serviço (PTS) para os novos policiais.

Como vai haver redução de tempo para promoção, os policiais que ascenderam à graduação superior já vão receber o reajuste da nova patente.

O impacto no orçamento será de R$ 85,5 milhões com salários, mais R$ 30 milhões com a concessão dos interstícios, num total de R$ 115,5 milhões aos cofres do Estado apenas para 2022.

Após ouvir as demandas das categorias em vários encontros, a Mesa de Negociação fez os cálculos e vai antecipar o envio do projeto para apreciação dos deputados estaduais, dando maior celeridade ao processo. Desta forma, fica suspensa a reunião que ocorreria nesta terça-feira, 8, com os representantes das categorias beneficiadas. Fonte: Se.gov

PUBLICIDADE

1 COMENTÁRIO

  1. A sociedade acha que esse aumento será significativo para as forças policiais, nós temos 10 anos de defasagem salarial! O usando esse aumento entrar mais da metade será tomada por impostos, isso muito pouco impactará na vida dos policiais.
    Nos arriscamos nossa vida para assegurar que a sociedade fique segura, mesmo após aposentados somos alvos constates, inclusive recentemente perdemos um colega morto covardemente por um bandido e é assim que o governador dá a resposta, com um mísero aumento que não condiz com o risco que corremos. Mostra que tipo de político nós temos e o quanto o policial é desvalorizado por eles.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui