Supermercado Couto

Lagarto e outros 24 municípios enfrentam rodízio de água

Em Sergipe, 25 municípios estão enfrentando rodízio no abastecimento de água, desse total, 18 estão de forma permanente. Marcos Roberto Carvalho, Superintendente de Operações do Interior da Companhia de Saneamento de Sergipe (DESO), informou ao G1 que cada localidade fica em média 48h sem águam sendo que em algumas, esse tempo pode chegar a seis dias.

Foi informado que são municípios de várias regiões e que são abastecidos por pontos de captação independentes, ou seja, que não são atendidos pela adutora do São Francisco. “Esse rodízio acontece por conta da diminuição da vazão de rios e riachos com o calor nesse período do ano. Começou no dia 15 de janeiro e ainda não temos perspectiva de quando deve ser encerrado o rodízio, mas à medida que a vazão for melhorando nos pontos de captação a gente reduz o rodízio”, disse ao portal de notícias.

Lagarto é um dos municípios que estão passando por rodízio permanente no abastecimento. Situação poderia ser bem diferente por aqui se a obra de ampliação da Adutora do Piauitinga que atende mais de 170 mil pessoas que moram nos municípios de Lagarto, Salgado, Riachão do Dantas e Simão Dias, tivesse sido concluída dentro do prazo, a previsão era que a obra que corresponde ao investimento total de R$ 83.514.821,00 tivesse sido concluída em meados de setembro de 2021.

Veja quais são os municípios que estão passando por rodízio permanente.

  • Santo Amaro
  • Lagarto
  • Simão Dias
  • Boquim
  • Itabaianinha
  • Moita Bonita
  • Dores
  • Itabaiana
  • Riachão do Dantas
  • Glória
  • Porto da Folha
  • Malhador
  • Pinhão
  • Tobias Barreto
  • Poço Verde
  • Salgado
  • Cristinápolis
  • Ribeirópolis

Por José Pedro, LagartoComoEuVejo.com.br

PUBLICIDADE

2 COMENTÁRIOS

  1. O consumo de agua aumenta no verão e a DESO não consegue suprir a demanda. Daí é fundamental evitar o desperdício, ter um reservatório e torcer que as chuvas de verão venham com moderação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui