Supermercado Couto

Longas filas e tempo de espera fazem Maria apelar à presidência do Bradesco em Itabaiana

(Foto: Jadilson Simões)

Uma Moção de Apelo, que tramita na Assembleia Legislativa, deve ser encaminhada ao presidente do Banco Bradesco, Octávio de Lazari Júnior, solicitando-lhe que viabilize a contratação de mais funcionários para a agência sediada em Itabaiana e/ou instale, ou ainda libere a abertura de um ponto Bradesco no município para minimizar os danos e constrangimentos impostos aos itabaianenses que são obrigados a ficaram por longas horas à espera de atendimento.

Ao justificar a propositura, Maria revelou que têm sido frequentes as reclamações da população no tocante à demora no atendimento bancário. “As pessoas ficam na fila e são constrangidas a aguardarem por tempo indeterminado para serem atendidas, fato que vem causando transtornos de toda ordem”, frisou, ressaltando que a população fica exposta ao sol, vento e chuva, nas calçadas enquanto aguarda por longo período.

A deputada lembrou que no começo e término do mês, a maioria dessa população é formada por idosos, que vão ao banco para receber os seus proventos de aposentadoria ou benefício. “Considerando que o Banco Bradesco é uma instituição comprometida com a sociedade e com o seu papel dentro dela, solicitamos tratamento digno e respeitoso ao nosso povo”, argumentou, acrescentando que além de prejudicar os usuários (correntistas do banco) o retardamento para atendê-los acaba por prejudicar os comerciantes da região que são obrigados a tolerar, por horas, a porta das suas lojas tomadas por pessoas, dada a fila quilométrica formada face a demora no atendimento.

Maria Mendonça lembrou que o lapso temporal de espera para acolhimento que o banco vem impondo aos usuários configura uma afronta a Legislação Municipal, pois segundo o artigo 1º da Lei 1.410, datada de 2010, “os estabelecimentos bancários deverão fazer atendimento ao consumidor no prazo máximo de 15 minutos, em dias úteis, e em 25 minutos na véspera ou no dia seguinte de feriados prolongados”.

“Não podemos ignorar que o número de infectados por Covid-19 tem aumentado e precisamos, ainda, mais de celeridade no atendimento e distanciamento social e para isso, faz-se necessário evitar aglomerações. Então é imprescindível dessa forma, que a gestão do Bradesco se mobilize para proporcionar maior comodidade e segurança aos usuários. Não temos dúvida que o aumento do quantitativo de funcionários do banco ajudará nesse processo de celeridade”, disse, ao apontar outras alternativas para minimizar o problema, como a instalação de outra agência do banco no município ou, ainda, um ponto de atendimento.

Por Assessoria Parlamentar 

PUBLICIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui