Supermercado Couto

Restaurante Universitário de Lagarto reabre com novos protocolos

Atividades no espaço foram retomadas nesta segunda-feira (31)

Mudanças incluem troca do buffet por quentinhas (Imagens: Ana Laura Farias/ Campus Lagarto)

O Restaurante Universitário de Lagarto (RESUN Lagarto) retomou as atividades nesta segunda-feira (31), sob novo protocolo. As novidades incluem agendamento, acesso por QR Code, distanciamento entre mesas, assentados alternados, divisórias, totens de álcool em gel e sistema de quentinhas (substituindo o buffet). Todas as medidas foram tomadas para reduzir o risco de transmissão de Covid-19 no ambiente universitário. O primeiro dia da retomada contou com 167 reservas (sendo 11 vegetarianas), distribuídas ao longo do novo horário de funcionamento (das 11h às 14h).

A nutricionista Kelly Protásio, responsável pelo RESUN Lagarto, acredita que a volta do espaço é uma ação importante para o corpo discente. “Além de fornecer uma alimentação de qualidade, eu sei o quanto o RESUN pode ser importante para o aluno conseguir se formar. Assim, a gente contribui não apenas para a formação de futuros profissionais de saúde, mas também cuida da saúde deles, fornecendo nutrientes suficientes e evitando doenças decorrentes de um consumo alimentar não adequado”, pontua.

A nutricionista Kelly é responsável pelo RESUN Lagarto

Kelly acredita que os novos protocolos refletem a preocupação com a segurança sanitária. “Voltamos com a quentinha para minimizar os riscos e fazer com que eles não mexam nos talheres”, observa.

O novo sistema foi aprovado pelos alunos. Luiz Eduardo Silveira, de Odontologia, foi o primeiro discente a finalizar a refeição no RESUN Lagarto depois da retomada e elogiou a praticidade. “Achei a quentinha muito boa. A comida é gostosa, a quantidade é suficiente. Confesso que foi até melhor do que eu pensava”, pontua. Luiz já vinha tendo aulas práticas no campus, mas percebeu a diferença com a volta do RESUN Lagarto. “Agora, eu tenho a possibilidade de, depois de me alimentar, ficar no campus e estudar na biblioteca. Sem me alimentar eu não teria como fazer isso e agora pretendo fazer todos os dias”, pontua.

Novos protocolos permitem distanciamento no momento da refeição

Estudante de Fonoaudiologia, Nirolaine Rodrigues, também acha que a volta do RESUN facilita a vida dos alunos. “Antes, eu tinha que me preocupar em fazer a comida antes de vir para a Universidade. Agora, eu só acordo, me arrumo, venho ter minhas aulas e posso comer aqui. É bem mais prático e utiliza meu tempo”, pontua. Nirolaine também aprovou os protocolos. “Achei tudo muito fácil, não dificultou em nada e sei que são necessários por causa da Covid-19”, observa.

Ana Laura Farias

PUBLICIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui