Supermercado Couto

Covid-19: MPF apura denúncia sobre suposto desvio de recursos na UFS

O Ministério Público Federal em Sergipe (MPF) confirmou nesta quarta-feira, 5, que o órgão está apurando uma denúncia feita no dia 12 de setembro envolvendo a aplicação de recursos no combate ao novo coronavírus (Covid-19) pela Universidade Federal de Sergipe (UFS). Um procedimento preparatório foi instaurado para analisar o caso.

O MPF/SE disse que solicitou informações da UFS e da Fundação de apoio à Pesquisa e Extensão de Sergipe (Fapese) e que aguarda o envio das respostas para a análise.

O MPF informou ainda que enviou cópia da representação ao TCU para análise e eventual apuração.

UFS

Em nota, a A Universidade Federal de Sergipe (UFS) disse que que todas as informações e elucidações estão sendo prestadas ao Ministério Público Federal (MPF). Segundo a nota, tratam-se de dados de domínio público e que se encontram no sítio eletrônico da universidade e da Fundação de Apoio à Pesquisa e Extensão de Sergipe (FAPESE).

A UFS ressaltou que os projetos desenvolvidos pelos pesquisadores geraram relatórios, notas técnicas, artigos científicos, inovações, formação de recursos humanos e diversas prestações de serviços, especialmente destinados à populações vulneráveis, e no enfrentamento da COVID-19, que podem ser acessadas em diferentes ambientes do portal da UFS, https://coronavirus.ufs.br/pagina/22203-boletim-covid-19 ou https://coronavirus.ufs.br/pagina/23536-pesquisas-e-produtos.

A UFS afirmou ainda que reitera seu compromisso com a verdade e ressaltou que é de fundamental importância que acusações dessa natureza não se reproduzam de forma a colocar em risco a integridade e imagem da única universidade pública e gratuita do estado, patrimônio imaterial da sociedade sergipana.

Ainda segundo a Universidade, os professores estão em contato com a AGU para providenciar, oportunamente, representação ao MPF contra a denunciante por crime contra a honra de servidor público no exercício de suas funções, conforme tipificação no Código Penal, eis que são levianas as acusações sem qualquer prova apresentada.

Com informações do MPF/SE

PUBLICIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui