Supermercado Couto

‘Arroz de Galinha’ de Lagarto, foi declarado como Patrimônio Cultural e Imaterial

(Foto: Reprodução/Prefeitura de Lagarto)

O ‘Arroz de Galinha’, do município de Lagarto, foi declarado como Patrimônio Cultural e Imaterial do Estado de Sergipe pela Assembleia Legislativa de Sergipe. Nesta última terça-feira (7), o parlamento aprovou, por unanimidade, o Projeto de Lei  de nº 291/2021, de autoria do deputado Luciano Pimentel (sem partido). O prato típico é composto pela mistura de arroz, galinha e vatapá mole.

Na matéria, Pimentel defendeu que a Lei tem como objetivo reconhecer a importância cultural do “Arroz de Galinha” para o circuito turístico do estado de Sergipe. Ressalta que além da importância cultural ao longo do ano, o alimento típico do município de Lagarto possui uma ligação intrínseca com as festividades natalinas. 

“Há uma predominância da influência das raízes históricas na percepção dos lagartenses sobre preparações típicas da região, destaca-se, entretanto, a necessidade de preservar os costumes locais para enaltecer a cultura gastronômica da cidade”, ressalta.

Fonte: Alese

PUBLICIDADE

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui