• Supermercado Couto Lagarto - O melhor supemercado da região bem pertinho de você

Mulher não consegue atendimento em Lagarto e morre em Itabaiana com suspeita de dengue hemorrágica

aedes aegypti dengue

Uma mulher de 61 anos faleceu com suspeita de dengue hemorrágica nas primeiras horas da última segunda-feira (11) em Itabaiana.

De acordo com informações publicadas pelo Portal A8 da TV Atalaia, os familiares da paciente informaram que ela deu entrada no Hospital Universitário de Lagarto sentindo fortes dores no corpo e com febre, na última quinta-feira (7), mas não recebeu atendimento no local.

Com a insistência da família, a mulher foi transferida para o Hospital Regional de Itabaiana, onde recebeu atendimento, realizou exames, foi internada e encaminhada a Ala Vermelha e na madrugada desta segunda-feira (11), veio a óbito. A Secretária de Estado da Saúde afirma que a Vigilância em Saúde já foi acionada e está investigando o caso.

Confira nota divulgada pela Secretaria de Estado da Saúde

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informa que a paciente H. C. J., 61 anos, deu entrada no Hospital de Itabaiana no dia 7, com histórico de queda da própria altura há sete dias anteriores à consulta, queixando-se de dor abdominal difusa. Foi levantando a hipótese de dengue por apresentar quadro de mialgia, febre, cefaleia e náuseas com dor abdominal.

A paciente realizou exames laboratoriais que evidenciaram plaquetopenia, porém a mesma apresentava estabilidade hemodinâmica. Houve progressão do quadro, sendo necessário encaminhar para estabilização e em seguida encaminhar para a Unidade Semi-Intensiva, onde apresentou rebaixamento do nível de consciência, sendo necessário intubação orotraqueal. Imediatamente a equipe realizou pedido de UTI, com liberação rápida, mas infelizmente a paciente evoluiu com hipotensão, sendo necessário utilizar drogas vasoativas. No entanto, a paciente teve uma parada cardiorrespiratória, evoluindo a óbito no dia 11/03.

O caso da paciente foi notificado à Vigilância em Saúde da SES como diagnóstico suspeito de dengue grave e o mesmo segue em investigação.

Por LCEV, com informações do Portal A8

PUBLICIDADE
  • Minas Telecom

1 COMENTÁRIO

  1. Uma vergonha esse Hospital de Lagarto, só quer receber paciente se chegar morrendo no Hospital. Quero saber quem vai se responsabilizar por não ter acolhido essa paciente que não resistiu e foi a óbito. O Hospital de Universitário de Lagarto precisa responder por esse caso e muitos outros.

Deixe uma resposta