• Supermercado Couto Lagarto - O melhor supemercado da região bem pertinho de você

Segurança Pública apreende 6,5 toneladas de drogas em Sergipe durante o ano de 2023

Quantidade de drogas apreendidas no estado apenas em 2023 abrange maconha, crack, cocaína e outras substâncias entorpecentes

4f465sd645gsd e1703252698331

Cerca de 6,5 toneladas de drogas foram apreendidas pelas forças de segurança pública estaduais durante o ano de 2023, é o que aponta o levantamento feito pela SSP e divulgado nesta sexta-feira, 22. Os entorpecentes foram apreendidos em ações e operações policiais feitas pelas polícias Militar e Civil em todo o território sergipano.

Dentre as drogas apreendidas em Sergipe neste ano de 2023, estão substâncias entorpecentes como maconha, crack e cocaína. Além dessas drogas, substâncias sintéticas como ecstasy e LSD também estão entre os materiais ilícitos apreendidos em Sergipe de janeiro a dezembro de 2023.

sdg65s65d4gs

Para o delegado Rafael Kaufer, do Departamento de Narcóticos (Denarc), o ano de 2023 foi positivo também no tocante ao enfrentamento ao tráfico de drogas. “É um ano positivo, e é uma apreensão grande que demonstra a efetividade da polícia em retirar todo esse material [entorpecente]”, evidenciou.

Esse resultado positivo é fruto da integração entre as forças de segurança pública que Sergipe chegou ao. “São apreensões oriundas tanto da lavratura de flagrantes, quanto de investigações que vão ocorrendo no decorrer do ano. Temos uma relação muito boa com a Polícia Militar, resultando nessas apreensões”, acrescentou Rafael Kaufer.

É com trabalho integrado entre as polícias que o combate ao tráfico de drogas tem sido intensificado em Sergipe, assim como evidenciou o tenente Thiago Costa, subcomandante do Comando do Policiamento Militar da Capital (CPMC). “É fruto de um trabalho bem direcionado”, ressaltou.

Junto ao trabalho integrado entre as polícias Civil e Militar, está a contribuição da população com as denúncias da prática do tráfico de drogas. “Denuncie sempre. O papel social é de fundamental importância, e as nossas equipes se baseiam muito nisso. A população pode se sentir segura em denunciar”, enfatizou o tenente Thiago Costa.     

56sd456g465sdg

Também para o marco de 6,5 toneladas de drogas apreendidas, Rafael Kaufer destacou os investimentos feitos pela SSP. “A secretaria vem investindo não só em equipamento, como também em recursos humanos. O combate ao tráfico de drogas não para, estamos atuando 24 horas”, complementou o delegado integrante do Denarc.

Perícia e Incineração

Como parte do trabalho da segurança pública no combate ao tráfico de drogas, o material entorpecente também é periciado pela Polícia Científica. O trabalho pericial evidencia o tipo de substância que contém as drogas apreendidas. O resultado da perícia traz ainda mais robustez aos inquéritos policiais que são remetidos pela Polícia Civil à Justiça.

Após autorização judicial, o material entorpecente é encaminhado pelo Departamento de Narcóticos (Denarc) para um local de acesso controlado, onde é feito o processo de destruição das drogas através da incineração. A incineração é feita em local com autorização ambiental.

PUBLICIDADE
  • Minas Telecom

Deixe uma resposta