• Supermercado Couto Lagarto - O melhor supemercado da região bem pertinho de você

PL de Áurea Ribeiro institui campanha sobre o câncer infantojuvenil

cancer infantil campanha

Projeto de Lei nº 407/2023, aprovado na Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe (Alese), de autoria da deputada Áurea Ribeiro (Republicanos), institui a campanha Setembro Dourado.

De acordo com o texto da propositura, a campanha deverá ser desenvolvida anualmente no mês de setembro, por meio de ações de mobilização, sensibilização, conscientização, detecção, prevenção e diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil, tendo como símbolo, um pequeno laço dourado.

No PL, a deputada informa que o objetivo é alertar e conscientizar profissionais de saúde, pais e sociedade em geral sobre os sinais e
sintomas para a detecção e diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil.

“A realização dos eventos poderá ocorrer através de ações em conjunto do Poder Executivo, Poder Legislativo, universidades/faculdades, empresas privadas, entidades, grupos de apoio, associações de bairro, órgãos interessados e pessoas físicas, podendo inclusive as atividades desta semana se darem em espaços públicos e/ou privados do estado que apresentarem disponibilidade para tal. A Campanha “Setembro Dourado” fica inserida no Calendário Oficial de Eventos do Estado de Sergipe”, complementa Áurea Ribeiro.

Sobre a doença

Segundo informações do Instituto Nacional do Câncer (Inca), o câncer infantojuvenil corresponde a um grupo de várias doenças que têm em comum a proliferação descontrolada de células anormais e que pode ocorrer em qualquer local do organismo. A doença afeta as células do sistema sanguíneo e os tecidos de sustentação. Cerca de 10% dos casos está relacionado a algum tipo de anormalidade hereditária.

Segundo o Inca, os tumores mais frequentes na infância e na adolescência são as leucemias (que afetam os glóbulos brancos), os que atingem o sistema nervoso central e os linfomas (sistema linfático), além do neuroblastoma (tumor de células do sistema nervoso periférico, frequentemente de localização abdominal), tumor de Wilms (tipo de tumor renal), retinoblastoma (afeta a retina, fundo do olho), tumor germinativo (das células que originam os ovários e os testículos), osteossarcoma (tumor ósseo) e sarcomas (tumores de partes moles).

No Brasil, o câncer infantojuvenil já representa a primeira causa de morte por doença entre crianças e adolescentes de 1 a 19 anos.

Os principais sintomas da doença são distúrbios visuais; linfonodos aumentados; dor de cabeça persistente e progressiva, primariamente noturna, que acorda a criança ou aparece quando ela se levanta de manhã, acompanhada de vômito ou de sinais neurológicos.

PUBLICIDADE
  • Minas Telecom

Deixe uma resposta