• Supermercado Couto Lagarto - O melhor supemercado da região bem pertinho de você

Criança tirada da mãe em Lagarto é resgatada pela polícia em Nossa Senhora das Dores

Foragido da polícia por tráfico e homicídio, pai retirou à força a criança de onde morava e ameaçou de morte a ex-companheira e o próprio filho

policia civil pc viatura

No final da tarde desta quinta-feira (7), policiais civis da Delegacia Regional de Nossa Senhora das Dores conseguiram resgatar uma criança de apenas dois anos, mantida em cativeiro pelo próprio pai. A criança foi retirada à força da guarda da própria mãe pelo seu ex-companheiro, o foragido Gabriel Santos Pereira, mais conhecido como Gabriel do Brejo.

Gabriel vinha sendo procurado pela polícia desde o último dia 20 de novembro, quando a Justiça expediu mandado de prisão preventiva em seu desfavor. Ele era suspeito de envolvimento com tráfico, associação para o tráfico e homicídio. Os crimes que fundamentaram a decretação de sua prisão foram praticados neste ano na cidade de Capela. Já em Nossa Senhora das Dores, a polícia o investigava por tráfico e porte ilegal de arma de fogo.

Segundo o delegado Wanderson Bastos, evidências apontam  que o suspeito teria ficado desconfiado da existência do mandado de prisão e, por causa disso, na última segunda-feira, 4, ele tirou o filhinho da casa de sua companheira, mãe da criança, em Lagarto, trazendo-o para Dores, onde o manteve escondido da família.

Assim, o suspeito pretendia obrigar a companheira a fugir com ele e com o filho para o Mato Grosso. Caso a companheira não aceitasse, o suspeito a mataria, bem como mataria o garotinho e seus familiares, de acordo com o que foi relatado para a polícia.

Assim, no início da tarde desta quinta-feira a mãe da criancinha esteve na Delegacia de Dores, narrando o fato à polícia e indicando onde ela estava. Os policiais foram até o cativeiro, uma vila no fundo do ginásio de esportes de Dores. Após empregarem todas as medidas necessárias à preservação da vida do garotinho, os policiais invadiram o local, resgatando-o.

Nesse momento, o suspeito recebeu voz de prisão, mas reagiu atirando. Consequentemente, os policiais defenderam-se e alvejaram o suspeito, levando-o ao hospital. Mas ele não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. Com o suspeito, a polícia apreendeu um revólver 38 e munições.

A criancinha foi entregue à mãe sem qualquer ferimento. Na delegacia, a companheira do suspeito foi ouvida em depoimento filmado, que será encaminhado ao controle externo do Ministério Público em Nossa Senhora das Dores.

Os comparsas do suspeito Gabriel do Brejo continuarão sendo procurados pela polícia. A população poderá colaborar usando o 181 do Disque-Denúncia.

PUBLICIDADE
  • Minas Telecom

Deixe uma resposta