• Supermercado Couto Lagarto - O melhor supemercado da região bem pertinho de você

HU de Lagarto terá cerca de R$ 26 milhões do novo PAC para investir na construção do Centro Administrativo, Ensino e Pesquisa e Imagem

A obra aumentará em 50% o número de leitos do hospital. Toda a Rede Ebserh contará com aproximadamente R$ 1,5 bilhão de investimentos do programa

sdg46sd465g

O novo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), lançado pelo Governo Federal no último dia 11 de agosto, trouxe uma importante novidade. Pela primeira vez, os hospitais universitários federais receberão um investimento para melhorar e ampliar o atendimento aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) e aumentar sua capacidade de ensino, pesquisa e inovação. O investimento totaliza cerca de R$ 1,5 bilhão no período 2024-2027, verba que será gerida pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), estatal que administra o Hospital Universitário de Lagarto em Sergipe. “O Brasil entra em uma nova fase de investimentos na saúde para melhorar a vida da população e a Ebserh faz parte desse esforço”, afirma o presidente da estatal, Arthur Chioro.

Lagarto (SE) – No Hospital Universitário de Lagarto da Universidade Federal de Sergipe (HUL-UFS/Ebserh), o valor liberado pelo PAC é de aproximadamente R$ 26 milhões, cujo montante será investido na construção do Centro Administrativo, Ensino e Pesquisa e Imagem (CAEPI). O novo prédio será um divisor de águas na história do HUL-UFS/Ebserh, já que possibilitará ampliar os processos assistenciais, além do ganho de eficiência e a qualidade das operações e relações nos ambientes administrativo, do ensino e pesquisa e hospitalar.

O CAEPI representará um avanço significativo ao reunir todo o corpo funcional administrativo num prédio próprio, além dos espaços tão necessários e fundamentais para a consolidação dos processos de ensino e pesquisa, proporcionado um ambiente integrado para alunos e professores construírem e consolidarem os saberes. “Trata-se de uma ponte sólida entre a Universidade Federal de Sergipe e o Hospital Universitário de Lagarto”, garante o superintendente do HUL-UFS/Ebserh, Manoel Luiz de Cerqueira Neto. Além disso, parte da construção vai permitir a expansão de processos assistenciais envolvendo exames de imagem, como: ressonância, tomografias e ultrassonografias, além de toda parte laboratorial e de análise clínicas.

O superintendente explica que, com a construção do CAEPI, haverá o incremento na área assistencial, contribuindo com a Rede de Urgência e Emergência do Estado de Sergipe. “Com o CAEPI, todos os espaços administrativos do hospital serão estrategicamente direcionados à assistência para abrigar novos leitos de internamento e de terapia intensiva.Aumentaremos a oferta de leitos para o SUS em 50%, ultrapassando mais de 150”, destaca o gestor. Desta forma, o HUL-UFS/Ebserh cumpre seu papel com o SUS e com sua missão prestar assistência pública em saúde de forma humanizada, com excelência, criando condições para o ensino e pesquisa integrados à comunidade.

Mais investimentos
As intervenções por meio do PAC contemplarão todos os hospitais da Rede Ebserh, incluindo aqueles que, no momento, encontram-se em fase de negociação para serem incorporados à rede, o que inclui o Complexo Hospitalar da Universidade Federal do Rio de Janeiro (CH-UFRJ); da Universidade Federal de Lavras (HU-UFLA), em Minas Gerais; da Universidade Federal de Roraima (HU-UFRR); e da Universidade Federal do Acre (HU-UFAC). Estes dois últimos estados, inclusive, ainda não tinham unidades vinculadas e se somarão às 41 geridas pela empresa pública. “Os investimentos do Programa consolidam a atividade da Ebserh, de modo que agora todos os estados possam usufruir de um modelo de gestão que tem funcionado desde a fundação da empresa, bem como solidificam o trabalho já realizado pela nossa rede, melhorando o ambiente que nossos profissionais exercem suas atividades e o usuário do SUS desfruta dos nossos serviços”, ressalta Arthur Chioro.

Fazem parte da aplicação dos recursos do PAC a reconfiguração e reestruturação de prédios antigos, alguns deles quase centenários, que necessitam melhorias, reforços estruturais, mudança de fluxos internos, para que as necessidades do perfil assistencial sejam atualizadas. A grande maioria das obras foi elencada de forma estratégica, estando vinculada ao incremento na assistência e a ampliação da oferta assistencial para a população do município onde o hospital está localizado, conforme explicou a diretora de Administração e Infraestrutura da Ebserh, Odete Gialdi.

A aplicação dos investimentos projeta as unidades da Ebserh para a manutenção da prestação de um serviço com excelência em longo prazo. “Nós precisamos, além de resolver as questões mais imediatas dos hospitais, pensá-los para o futuro. Muitas dessas intervenções que estamos fazendo hoje, através do PAC, também possibilitam que esses hospitais tenham uma nova reconfiguração física e tecnológica, para que daqui a 20 anos eles estejam ainda em condições de seguir funcionando e atendendo à população com qualidade”, detalhou Gialdi.

Sobre a Ebserh
O HUL-UFS faz parte da Rede Ebserh desde dezembro de 2017. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Ebserh foi criada em 2011 e, atualmente, administra 41 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência. Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) ao mesmo tempo que apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas e inovação.

Coordenadoria de Comunicação Social da Rede Ebserh com informações da Unidade de Comunicação Regional de Sergipe.

PUBLICIDADE
  • Minas Telecom

Deixe uma resposta