Motociclista morre em acidente na rodovia entre Lagarto e Simão Dias

COMPARTILHAR

Três acidentes graves foram registrados em Lagarto neste domingo (13), dois deles foram no trecho do povoado Boieiro, ambos entre carro e moto sendo que um deles terminou em morte, neste último a reportagem do Lagarto Como eu Vejo esteve no local para apurar as informações.

O primeiro aconteceu no povoado Boieiro e deixou dois ocupantes de uma motocicleta feridos, eles foram socorridos e levados para o hospital. Clique aqui e leia a matéria. O segundo foi um capotamento de carro na estrada que dá acesso ao povoado Morcego, dois homens ficaram feridos, clique aqui e leia a matéria.

José Raimundo era conhecido popularmente como Dinho

O terceiro acidente infelizmente terminou em óbito, foi o segundo do dia no povoado Boieiro. De acordo com as informações colhidas pelo Lagarto Como eu Vejo no local do acidente, o condutor da moto cruzava a rodovia quando foi atingido em cheio pelo veículo. Ele foi arrastado por vários metros junto com a motocicleta que ficou destruída. A vítima foi identificada pelo nome de José Raimundo de Jesus Santos, de 49 anos, conhecido como Dinho morador do povoado Quipé.

Uma equipe do SAMU foi acionada, esteve no local e constatou o óbito. O Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRv) acionou o IML para recolher o corpo e a criminalística para realizar os procedimentos necessários. O motorista do veículo envolvido no acidente não foi encontrado no local.

Essa matéria poderá ser atualizada a qualquer momento para acréscimo de informações.

Por LagartoComoEuVejo.com.br
Atualização às 17h20

Publicidade

3 COMENTÁRIOS

    • Infelizmente como a maioria do povo brasileiro desconhece de tudo o que os cercam e muitas vezes acabam falam besteira e notoriamente visam envolver a politica da região. O acidente ocorreu em uma Rodovia estadual a qual fica sobre a responsabilidade da Policia Rodoviária Estadual. A DTTU é responsável pelas vias municipais. Sentimentos a família do condutor da moto o Sr. José Raimundo de Jesus Santos. É preciso que todos os condutores de veículos, respeitem o limite de velocidade das rodovias e mais ainda em áreas urbanizadas.

Faça seu comentário