SSP Sergipe implantará tecnologia compartilhada pelo Governo de São Paulo

Representantes do estado estão na capital paulista para conhecer o Detecta, um sistema integrador de informações que vai aprimorar o trabalho da polícia.

COMPARTILHAR

Nesta quarta e quinta-feira, 6 e 7/12, a Secretaria de Segurança Pública de Sergipe estará com representantes em São Paulo para conhecer um sistema integrador de informações, que vai deixar ainda mais ágil o trabalho da polícia sergipana. Os responsáveis pelo Detecta são o coronel Ronaldo Oliveira Pereira e o capitão Fábio Miloco.

Os representantes da SSSP/SE na visita são: José Pereira de Andrade Filho (coronel e superintendente executivo), José Evandro Machado Júnior (agente de polícia judiciária e chefe de gabinete), Erberte Conceição Silva (cabo da Polícia Militar), Gabriel Roncaglione Sousa (diretor de inovação da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão de Sergipe – SEPLAG) e Mário Vasconcelos Andrade (assessor de Planejamento da Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação – EMGETIS). A meta é que este sistema de alta tecnologia seja implantado em breve em parceria com o estado de São Paulo através do governador, Geraldo Alckmin, e do secretário de segurança pública, Mágino Alves Barbosa Filho.

O sistema
Criado pela Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, o principal objetivo do Detecta é auxiliar o trabalho policial (Militar, Civil e Científica) em atividades operacionais e investigativas. Com ele, será possível promover ações policiais coordenadas, correlacionando informações e imagens de locais, pessoas e veículos, bem como ter acesso à diversos bancos de dados de diferentes instituições.

 

Programação
Nesta quarta, será a apresentação do sistema integrador de informações Detecta na Secretaria da Segurança Pública de São Paulo, localizada no Centro da capital paulista. E na quinta-feira os representantes sergipanos farão uma visita à Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo (PRODESP), localizada no Jardim Helena, em Taboão da Serra.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here