Simeone diz que Diego Costa não teria voltado se não tivesse se esforçado

COMPARTILHAR

O técnico do Atlético de Madri, Diego Simeone, afirmou nesta segunda-feira que o atacante Diego Costa não teria retornado ao clube se não tivesse se esforçado para voltar.

“Costa não estaria aqui se não tivesse feito o esforço que fez para estar aqui”, afirmou Simeone à rádio “Cadena Ser”.

“Dos jogadores que poderíamos nos aproximar em qualidade, Diego era o indicado. Não poderíamos pagar por qualquer outro jogador melhor ou do nível dele”, revelou o técnico argentino.

Apesar de comemorar o retorno do atacante brasileiro naturalizado espanhol, Simeone já fez cobranças a Diego Costa. O elogio pelo “esforço” do jogador para deixar o Chelsea veio acompanhado de um alerta para o artilheiro que agora volta ao Atlético.

“Sabemos que o esforço dele vale muito, mas as pessoas querem o Diego que se foi e para isso ele tem que trabalhar muito”, disse o treinador, não escondendo que o atacante terá que batalhar para conseguir ser titular na equipe ‘colchonera’.

“Dos jogadores que tive é o que mais me surpreendeu, tem faro de gol, trabalho, esforço e respeita a hierarquia. Quando estiver bem, disputará com os outros companheiros. Eles sabem que eu não tenho compromisso com ninguém”, explicou Simeone.

Diego Costa poderá jogar a partir de janeiro, quando vencer a punição da Fifa que impede o Atlético de inscrever jogadores, junto com Vitolo. Ambos, no entanto, não terão lugar garantido no time.

“Costa e Vitolo terão que trabalhar para ganhar seu lugar. Os dois têm nome, mas são só os nomes. No campo, eles têm que conquistar seu espaço, como os outros”, disse.

publicidade

FAÇA UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here