90 presos são recambiados de delegacias para o Cadeião de Estância

Presídio foi inaugurado ontem.

COMPARTILHAR

Na manhã desta terça-feira, 29, A Secretaria da Segurança Pública realizou uma operação no intuito de esvaziar as carceragens existentes nas delegacias espalhadas em todo o Estado. No total, 90 presos passaram pelo Instituto Médico Legal para serem submetidos a exame pericial e encaminhados à nova unidade prisional inaugurada em Sergipe, o Cadeião de Estância.

De acordo com o coordenador de Polícia Civil na Capital (Copcal), delegado André Baronto, 40 agentes estiveram envolvidos na transferência para garantir a segurança do processo. “Dos aproximadamente 380 presos que estão custodiados em delegacias da capital e interior, com a transferência de hoje restarão cerca de 290, o que permitirá que policiais que atuavam como carcereiros passem a trabalhar nas investigações. É um ganho para a sociedade otimizarmos nossos trabalhos focando em nossa atividade fim”, ressalta Baronto.

Foram recambiados detidos das delegacias Plantonista, 1ª, 2ª e 4ª e do Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope). Diversas reuniões entre a SSP e Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc) estão sendo realizadas, no intuito de esvaziar as unidades policiais. Nos próximos dias, outros custodiados serão recambiados para o sistema prisional.

IML

Na rotina diária do IML são realizados exames periciais em vítimas de lesão corporal, violência sexual, exames para seguro DPVAT, necrópsia, além das perícias em detentos que são realizadas rotineiramente. Dois médicos estiveram empenhados para atender a toda demanda já que trata-se de um grande volume. O objetivo do exame pericial é garantir a integridade física do detento.

2 COMENTÁRIOS

Faça seu comentário